Morreu Augusto Cid

Cartoonista era associado do Sindicato dos Jornalistas.

O cartoonista Augusto Cid morreu hoje, em Lisboa, aos 77 anos.

Augusto Cid iniciou a sua atividade no suplemento “A Mosca”, do Diário de Lisboa, jornal vespertino que encerrou em 1990.

Trabalhou em vários jornais e revistas, nomeadamente Vida Mundial, O Diabo, O Independente, Focus e, por último, Sol.

Assinou, como escultor, várias obras, entre as quais a dedicada a Nuno Álvares Pereira, em Lisboa, inaugurada em novembro de 2016 pelo Presidente da República.

O velório de Augusto Cid realiza-se esta sexta-feira, na Basílica da Estrela, a partir das 17h00. No sábado, às 10h00, será celebrada uma missa de corpo presente, seguindo-se o funeral para o Cemitério do Alto de São João.

Tags: