Menu Fechar

Literacia para os Media chega aos professores dos Açores

O projeto Literacia para os Media e Jornalismo, desenhado pelo Sindicato dos Jornalistas, vai chegar aos professores dos Açores a partir de sábado, dia 8 de fevereiro, com o apoio da Direção Regional da Educação do arquipélago.

A oficina de formação “Literacia dos Media e Jornalismo: práticas pedagógicas com os media e acerca dos media” – financiada pela Direção Regional da Educação – vai realizar-se nos dias 8 de fevereiro, 29 de fevereiro e 21 de março, num total de 20 horas.

A formação de 21 professores, de cinco ilhas açorianas (Faial, Flores, Pico, São Miguel e Terceira), vai decorrer no estabelecimento de ensino EBS da Madalena, na ilha do Pico.

Aproveitando a deslocação aos Açores, a equipa do Sindicato dos Jornalistas vai também formar dez jornalistas açorianos, que depois integrarão a bolsa de formadores do projeto Literacia para os Media e Jornalismo, contando, para isso, com o apoio financeiro do Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas (Cenjor), com recurso a verbas do Ministério da Cultura.

Esta primeira formação de professores nos Açores segue-se à experiência piloto do projeto Literacia para os Media e Jornalismo realizada entre janeiro e abril de 2019, em Portugal Continental, que formou uma centena de professores do 3.º ciclo e do secundário, docentes em 40 agrupamentos de escolas das regiões Norte, Centro, Lisboa, Alentejo e Algarve.

Em janeiro de 2017, na sequência do 4.º Congresso dos Jornalistas Portugueses, que aprovou uma moção considerando urgente promover a literacia para os media, o Sindicato dos Jornalistas apresentou ao Ministério da Educação uma proposta de intervenção nessa área, concebida por jornalistas e académicos da área da comunicação.

Dois anos depois, o projeto arrancava em todo o Continente, com o objetivo de disponibilizar aos professores metodologias, recursos e ferramentas que estes possam usar nas atividades de Literacia para os Media que vão desenvolver com os seus alunos e com as comunidades escolar e educativa.

Ao mesmo tempo, pretende-se envolver os jornalistas na formação de professores e alunos sobre os desafios que hoje se colocam à importante função de mediar e escrutinar a realidade.

Este projeto, que conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República, é uma parceria entre o Sindicato dos Jornalistas e o Ministério da Educação, financiado pelo Cenjor (Ministério da Cultura) e pela Direção-Geral da Educação (no caso dos Açores, pela Direção Regional de Educação).