Jornalistas italianos em greve pelo serviço público

A decisão da estação italiana RAI de deixar a cargo dos canais de acesso pago a transmissão de todos os encontros do Mundial de Futebol 2006 levou os jornalistas a apresentar um aviso de greve, por considerarem estar em causa o princípio do serviço público.

Na sequência de uma decisão dos jornalistas e do conselho de redacção da Rai Sport, os trabalhadores decidiram marcar uma greve para 4 de Junho, alegando que é “gravíssimo” que a empresa se recuse a prestar serviço público com base em critérios estritamente financeiros.

“A paralisação de todas as redacções pretende ser a resposta ao esvaziamento progressivo da RAI: não é aceitável que se deixe para a televisão paga, acessível a uma minoria, conteúdos que devem ser oferecidos por uma grande televisão generalista”, reforça o comunicado que informa da paralisação.