Jornalistas da EFE aprovam primeiro Estatuto da Redacção

Os jornalistas da agência de notícias espanhola EFE aprovaram a 17 de Maio, por maioria absoluta, o primeiro Estatuto de Redacção daquele órgão de comunicação. Fundada há 67 anos, a EFE é actualmente a quarta maior do seu género a nível mundial.

A votação contou com a participação de 679 dos 930 jornalistas da agência, tendo 500 profissionais votado a favor, 133 contra e 39 em branco. Registaram-se ainda sete votos nulos.

O Estatuto resulta de um acordo entre o Conselho de Redacção, os representantes sindicais e a direcção da empresa e visa regular as normas éticas e profissionais na EFE, tornando-a, em princípio, menos vulnerável a manipulações informativas.

Com 128 artigos e capítulos dedicados à cláusula de consciência, ao sigilo profissional, ao tratamento das fontes e aos direitos e obrigações dos jornalistas e dos responsáveis da agência, o Estatuto tem um carácter de acordo colectivo, pelo que não pode ser modificado unilateralmente.