Jornalistas da ANSA anunciam dois dias de greve

O Comité de Redacção da agência noticiosa italiana ANSA proclamou dois dias de greve, a realizar entre as 7 horas de 30 de Setembro e as 7 horas de 2 de Outubro, como forma de protesto pela não evolução das propostas da administração no que respeita ao plano de reorganização e desenvolvimento da empresa.

Os trabalhadores criticam a empresa e o director de informação Giampiero Gramaglia por, nas duas cartas enviadas ao Comité de Redacção, ao invés de dissiparem as dúvidas relativas ao plano terem “confirmado as passagens mais negativas e inaceitáveis” deste, como o corte de postos de trabalho e a decisão de “acelerar fortemente a criação de uma redacção multimédia”.

Não obstante a proclamação da greve, o Comité de Redacção da ANSA manifestou-se disponível para discutir construtivamente a situação e o futuro da empresa e instou a empresa e a direcção de informação a terem idêntica abertura para encontrar soluções de consenso para a disputa.