Jornalista assassinado na Bielorrússia

Vassili Grodnikov, jornalista do diário da oposição “Narodnaya Volya”, foi encontrado morto com ferimentos na cabeça, a 18 de Outubro, no seu apartamento nos subúrbios de Minsk, noticiou a Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

A organização suspeita que a morte do jornalista está relacionada com o seu trabalho, insta as autoridades a “não afastarem esta possibilidade” e declara-se “muito preocupada” com o estado da liberdade de imprensa na Bielorrússia, à medida que se aproximam as eleições presidenciais de 2006.