Jornal russo encerrado por publicar caricaturas religiosas

O presidente da câmara em exercício da cidade russa de Volgogrado, Andrei Doronin, mandou encerrar o diário “Gorodskiye Vesti” depois deste ter publicado, a 9 de Fevereiro, caricaturas de Moisés, Buda, Jesus e Maomé.

Em conferência de imprensa, o autarca afirmou que o encerramento do jornal – que é detido parcialmente pela autarquia – representava uma tentativa de impedir manifestações baseadas em motivos étnicos ou religiosos, avançando ainda que os responsáveis pela publicação das caricaturas seriam despedidos e que o resto do pessoal seria transferido para uma nova publicação,

No cartoon em causa, Moisés, Buda, Jesus e Maomé estão a ver na televisão duas multidões furiosas prestes a entrarem em confronto, lendo-se na legenda: “Não foi isso que vos ensinámos”.

Não obstante o objectivo pacifista da mensagem, o gabinete da procuradoria-geral em Volgogrado disse, a 15 de Fevereiro, estar a investigar queixas de elementos do partido pró-governamental Rússia Unida contra o “Gorodskiye Novosti”, em virtude do alegado carácter racista do desenho.