Greve nas redacções da CCISS e da Isoradio, em Itália

As redacções da CCISS Viaggiare Informati e da Isoradio vão cumprir 24 horas de paralisação a partir das 5 horas da manhã de sexta-feira, 5 de Agosto, em protesto contra a recusa da RAI – proprietária de ambos os serviços informativos para viajantes – em aplicar-lhes o contrato colectivo dos jornalistas.

Em comunicado, as estruturas representantivas das duas redacções alegam que o contrato de trabalho actualmente em vigor “não possui as garantias que permitem que os profissionais ofereçam aos ouvintes uma informação isenta”, e criticam a RAI por se ter mostrado “surda a todas as formas de diálogo”.

A greve é apoiada pela Associazione Stampa Romana, a Usigrai (sindicato dos jornalistas da emissora pública italiana) e a Federação Nacional da Imprensa Italiana (FNSI).