Governo italiano atribui 600 euros a jornalistas impedidos de trabalhar

O Ministério do Trabalho italiano aceitou o pedido do Conselho da Associação de Jornalistas da Lombardia (https://www.aipsmedia.com/index.html?page=artdetail&art=27886) para apoiar com 600 euros os jornalista italianos impedidos de trabalhar devido às medidas adotadas para conter a epidemia de covid-19.

O setor da informação, essencial à democracia, é um dos mais atingidos pela pandemia, sendo que, entre os jornalistas, os freelancers são especialmentes afetados.

Embora não resolva todos os problemas, o apoio, que já conta com milhares de pedidos, pode aliviar a situação dramática dos profissionais dos órgãos de comunicação social.