Entidades Reguladoras criam Plataforma lusófona

Representantes de entidades reguladoras dos média de Portugal, Angola, Cabo Verde, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste criaram, a 22 de Outubro, a Plataforma das Entidades Reguladoras da Comunicação Social dos Países e Territórios de Língua Portuguesa (PER).

A Plataforma tem por objectivo constituir um fórum de discussão e cooperação, de intercâmbio de informações regulares e de investigação em matérias relativas à regulação da comunicação social, sendo a sua presidência rotativa e as reuniões anuais.

Dela fazem parte a Entidade Reguladora para a Comunicação Social, o Ministério da Comunicação Social de São Tomé e Príncipe, o Conselho Superior de Imprensa de São Tomé e Príncipe, o Ministério da Comunicação Social de Angola, o Conselho Nacional de Comunicação Social de Angola, a Direcção Geral da Comunicação Social de Cabo Verde, o Conselho Superior da Comunicação Social de Moçambique e Timor-Leste.