Debate quo vadis, Europa?

No ano em que em que várias instituições portuguesas e alemãs se juntaram para lançar o Prémio de Jornalismo Luso-Alemão (candidaturas até 15 de abril de 2021), o Goethe-Institut Portugal apresenta, em colaboração com a Universidade Católica de Lisboa, o debate online Fake News – O jornalismo europeu enfrenta novos desafios.

O debate conta com a participação de Isabel Capeloa Gil, reitora da Universidade Católica de Lisboa e investigadora no campo dos Estudos de Cultura, Bernhard Pörksen, professor de Estudos dos Media na Universidade de Tübingen e autor de livros sobre a matéria e João Vieira Pereira, diretor do semanário Expresso, e terá como moderadora Luísa Meireles, Diretora da agência de notícias LUSA.

O debate tem como objetivo analisar o contexto que possibilitou a vasta disseminação de fake news nos media europeus, e que desequilibrou o papel dos media enquanto 4.º poder, tendo em conta o papel que a internet, as redes sociais e os smartphones desempenharam nesta grande revolução da informação. Os oradores do debate procurarão identificar estratégias para lidar com esta realidade, tendo em vista a criação de uma ética da comunicação na era das redes.

O link para participar estará disponível em breve no site do Goethe-Institut Portugal.