CSI cria Conselho Regional Pan-Europeu

Promover estratégias, prioridades e políticas da Confederação Sindical Internacional (CSI), contribuir para o o desenvolvimento social, consolidação da democracia e respeito pelos direitos humanos e laborais e ainda desenvolver o sindicalismo na Europa são os objectivos do Conselho Regional Pan-Europeu (PERC) da CSI, criado a 20 de Março em Roma, Itália.

A nova estrutura é presidida pelo russo Mikhail Shmakov, para quem “os direitos fundamentais dos trabalhadores são violados não só na Rússia, na Bielorrússia, na Geórgia e na Moldávia, mas também na Europa Ocidental, nos países bálticos e nos Balcãs”, motivo pelo qual “o PERC vai colocar a protecção e promoção dos direitos sindicais dos trabalhadores entre as suas principais prioridades”.

Por seu turno, o secretário-geral do PERC, John Monks – que é também secretário-geral da Confederação Sindical Europeia (CSE) – anunciou que “em breve o PERC vai fazer sentir a sua presença”, considerando a nova estrutura como muito importante para o sindicalismo em todo o continente europeu.

Para promover o diálogo social, condições de trabalho decentes e o modelo social europeu por todo o continente, o PERC irá representar mais de 85 milhões de membros de sindicatos de Lisboa a Vladivostok e cooperar de perto com a CSE.