Comunicação social precisa de mais apoios

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) reafirma a necessidade de serem aprovados outros apoios à comunicação social, um mês passado sobre o único anúncio feito pelo Governo sobre o setor e a promessa, ainda por cumprir, de passar à discussão de outras medidas urgentes.

O apoio de emergência de 15 milhões de euros anunciado pelo Governo a 17 de abril não é suficiente e impõe-se a adoção de medidas de médio e longo prazo, há muito sugeridas pelo SJ e outras organizações do setor.

O SJ realça que já passou um mês desde que o secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media se comprometeu a discutir com as organizações do setor medidas de apoio estruturais e abrangentes, que concorram para o reforço da sustentabilidade de um setor em crise estrutural, agora agravada com o contexto da pandemia de covid-19.

O SJ reafirma-se disponível para continuar a dialogar com o Ministério da Cultura, mas sublinha a urgência desse diálogo e, sobretudo, da aprovação das medidas reivindicadas há muito, e por muitos, como imprescindíveis para a sobrevivência de um jornalismo livre, independente e plural.