Ataques políticos afectam televisão pública croata

A televisão pública croata Hrvatske Radiotelevizija (HTV) foi alvo de ataques políticos de membros do partido do governo durante um debate sobre o relatório anual da emissora, tendo alguns jornalistas chegado a receber ameaças de morte após a discussão parlamentar.

O caso mereceu o protesto da Federação Internacional de Jornalistas (FIJ), que em carta enviada ao presidente e ao primeiro-ministro da Croácia exigiu “o fim imediato da intimidação de editores e jornalistas por parte de políticos”, dado que esta pode levar os profissionais da comunicação a censurar os seus programas e a seguir acriticamente a linha oficial do governo.

Além do caso recente das ameaças de morte aos jornalistas do programa “Latinica”, a FIJ recordou o afastamento em Outubro de Tihomir Ladisic, editor do programa “Otvoreno”, depois deste ter conduzido um debate – muito criticado por políticos do HDZ – sobre o papel do exército croata durante o conflito bósnio.