Associação jornalística multiétnica na Bósnia

Grupos de jornalistas das cidades de Banja Luka (bósnios sérvios), Mostar (bósnios croatas) e Sarajevo (bósnios muçulmanos) decidiram formar a primeira organização multiétnica do género no país desde o final da guerra de 1992-1995.

Da primeira assembleia geral da Associação de Jornalistas da Bósnia-Herzegovina, realizada a 11 de Dezembro em Sarajevo, saiu a vontade de criar uma entidade que proteja melhor os direitos dos profissionais da comunicação e promova padrões éticos e de integridade no seio da classe.

Apesar desta união, continuam a existir três outras associações de jornalistas na Bósnia, divididas pelas comunidades croata, muçulmana e sérvia.