QUINTA-FEIRA
18 de Abril de 2019 | 13:52

Hannah Storm dirige Ethical Journalism Network

Publicado a 07/01/2019 NOTÍCIAS

Atual diretora do International News Safety Institute vai assumir a liderança da entidade a partir de 15 de abril.


Hannah Storm, atual diretora do International News Safety Institute (INSI), foi a escolhida para liderar a Ethical Journalism Network (EJN), uma "sociedade de repórteres, editores e publicistas destinada a fortalecer o jornalismo um pouco por todo o mundo". Storm vai assumir o cargo de diretora e CEO a partir de 15 de abril, após a saída de Chris Elliott, o responsável interino que vai voltar ao seu papel como um dos administradores da entidade após o período em que substituiu Aidan White, dirigente entre 2012 e 2018 que foi secretário-geral da Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) durante 20 anos.

Storm elogiou o trabalho desenvolvido pela entidade e acrescentou: "Em todo o mundo, muitos dos nossos camaradas trabalham em ambientes cada vez mais difíceis, enfrentam pressões como a da propaganda, são prejudicados por burocracias, além de se debaterem com cada vez mais discursos de ódio e desinformação. O jornalismo enfrenta uma crise de confiança e de luta pela verdade e penso que nunca houve um momento mais importante para promover a ética nesta área".

Para Aidan White, fundador e presidente honorário da EJN, "Hannah é uma líder natural com experiência rica na luta pelos direitos dos jornalistas e a organização tem um enorme futuro sob a sua liderança".

Segundo a própria organização, Hannah Storm iniciou funções no INSI em 2010, tornando-se diretora dois anos mais tarde. Entre o trabalho desenvolvido incluem-se ações para alargar a rede da entidade e melhorar a segurança dos jornalistas. "Hannah está particularmente interessada nos aspetos da segurança que dizem respeito ao género, sendo co-autora de 'No Woman's Land - On the Frontlines with Female Journalists' e de 'Violence and Harassment Against Women in the News Media', escritos em parceria com a International Women's Media Foundation", refere a EJN.

A entidade refere ainda outos livros de Storm como "The Kidnapping of Journalists: Reporting from High-Risk Conflict Zones" e "The Emotional Impact on Journalists of Covering the Refugee Crisis", obras publicadas pelo Reuters Institute for the Study of Journalism na Universidade de Oxford.

Versão para Imprimir