Apelo aos Estados Gerais dos Média em França

Organizações jornalísticas, associações e grupos de militantes políticos e sindicais franceses lançaram um apelo à realização, em 2006, dos Estados Gerais dos Média em França.

A iniciativa foi tornada pública a 3 de Outubro e já conta com quase duas mil assinaturas individuais e dezenas de adesões colectivas, por parte de organizações jornalísticas, culturais, políticas e sindicais.

O objectivo é criar um processo que leve “todos os cidadãos empenhados numa informação independente e pluralista” a lutar pela realização de Estados Gerais abertos a todos – e não apenas à classe jornalística –, descentralizados e pluralistas.

Nessas reuniões serão debatidos os problemas existentes, com o fito de encontrar soluções que sejam posteriormente submetidas a todas as forças políticas e aos parlamentares.

Entre os assuntos que preocupam os redactores do apelo estão:

. Como garantir o direito de informar e o direito à informação contra todas as tentativas políticas e económicas de os confiscar?

. Como preservar e refundar o serviço público audiovisual?

. Que fazer para que os média não lucrativos tenham o estatuto e os meios de que precisam?

. Como fomentar a qualidade e a pluralidade das informações económicas, sociais e internacionais?

. Que novos direitos para os jornalistas e para os produtores independentes de informação?