“A Capital” reconhece direitos dos trabalhadores

A administração de “A Capital” aceitou a integração dos falsos “recibos verdes” nos quadros da empresa e a abertura de um processo negocial com o Sindicado dos Jornalistas para a reposição dos direitos dos trabalhadores.

O processo negocial terá início a 27 de Outubro e inclui, para além da calendarização da entrada dos trabalhadores com falsos “recibos verdes” e contratos a prazo no quadro de pessoal, a reclassificação dos jornalistas e a correcção de outras situações anómalas existentes na empresa. Nesse sentido, o SJ vai apresentar, na próxima semana, uma proposta de Protocolo a celebrar com a Empresa.

A decisão foi tomada num encontro entre a administração, delegados sindicais dos jornalistas e a direcção do SJ, a 15 de Outubro, e ratificada em plenário de redacção realizado dia 16.

O plenário e a direcção do SJ reeiteraram ainda o seu firme repúdio por quaisquer tentativas de despedimento em “A Capital”, reafirmando a disponibilidade para analisar com a empresa soluções para a consolidação do jornal.