QUARTA-FEIRA
21 de Novembro de 2018 | 02:18

SJ visita Rádio Cova da Beira e Jornal do Fundão

Publicado a 01/11/2018 NOTÍCIAS

Deslocação insere-se na preparação para um encontro sobre jornalismo fora dos grandes centros, agendado para fevereiro do próximo ano, na Madeira.


O Sindicato de Jornalistas (SJ) visitou, na quarta-feira, dois órgãos de comunicação social do Fundão.
Primeiro esteve na Rádio Cova da Beira (RCB), uma cooperativa com mais de 600 cooperantes e que emprega oito pessoas, das quais cinco são jornalistas. A instituição tem como principais fontes de receita a publicidade, o aluguer de um espaço próprio para encontros e as quotas pagas pelos cooperantes.
Em termos informativos, a RCB cobre os concelhos do Fundão, Belmonte, Penamacor e Covilhã. A rádio tem um programa direcionado para as escolas que permite aos alunos terem ali a sua primeira experiência de rádio.
A segunda instituição visitada pelo SJ foi o Jornal do Fundão, recentemente vendido pela Global Media, proprietária, entre outros, do Jornal de Notícias, Diário de Notícias, O Jogo e TSF.
O jornal foi comprado pela Sociedade Vereda das Letras, constituída por jornalistas, docentes de Comunicação e amigos do Jornal do Fundão.
Este jornal emprega 15 pessoas, sendo que sete são jornalistas. Possui ainda uma página digital.
O semanário tem como principais fontes de receita as vendas (cerca de 6500 assinantes e cerca de 3000 em banca) e a publicidade.
A sua cobertura informativa visa a região da Cova da Beira, especificamente os concelhos do Fundão, Covilhã, Belmonte e Castelo Branco.
Estas visitas inserem-se no roteiro que o SJ está a fazer por alguns órgãos de comunicação social regional e local, no Continente e ilhas, com vista à preparação do segundo encontro sobre jornalismo fora dos grandes centros (o primeiro decorreu em 1993, no Fundão).
O objetivo desta iniciativa, co-organizada com a Direção Regional da Madeira do SJ e agendada para fevereiro do próximo ano, é traçar um retrato das condições de trabalho da comunicação social regional e local.

Versão para Imprimir