QUARTA-FEIRA
21 de Novembro de 2018 | 02:21

Jornalismo português antes e depois do 25 de abril em congresso

Publicado a 16/10/2018 NOTÍCIAS

"Os Media no Portugal Contemporâneo: da ditadura à democracia" é o tema do evento que vai decorrer quinta e sexta-feira na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.


"Os Media no Portugal Contemporâneo: da ditadura à democracia" é o tema do congresso que vai decorrer quinta e sexta-feira na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, tendo entrada livre.

Entre os participantes logo na sessão de abertura incluem-se Mário Mesquita, professor universitário e vice-presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, e ainda Jaume Guillamet, docente da Universidade Pompeu Fabra de Barcelona e especialista em História do Jornalismo.

O Telejornal da RTP, a festejar 59 anos de existência, terá também lugar numa das sessões do primeiro dia do congresso. Felisbela Lopes, Daniel Catalão e Joaquim Furtado encarregam-se de abordar o "primeiro noticiário televisivo português e um dos mais antigos da Europa".

Ainda no dia inaugural haverá espaços para imprensa e rádio na ditadura e na democracia.

Na sexta-feira, o relevo irá para "a televisão portuguesa e a investigação nacional na área dos meios de comunicação social". Uma homenagem ao historiador, investigador, jornalista e professor José Manuel Tengarrinha, falecido em junho, encerrará o congresso.

Em paralelo vão decorrer sessões com investigadores nacionais e estrangeiros. O congresso é organizado pelo Instituto de Comunicação da Nova e pelo Instituto de História Contemporânea, tendo poio da FCSH-UNL, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia e do Grupo de Trabalho História da Comunicação SOPCOM – Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação.

Mais informação sobre o evento em https://medianoportugalcontemporaneo.wordpress.com/.

Versão para Imprimir