QUARTA-FEIRA
17 de Outubro de 2018 | 22:08
Primeira página do Primeira página do

Homem mata cinco pessoas na redação de jornal norte-americano

Publicado a 29/06/2018 NOTÍCIAS

Um homem indentificado como Jarrod W. Ramos matou cinco pessoas na redação do jornal "Capital Gazette", em Annapolis, Maryland, EUA.


Ramos foi formalmente acusado de cinco crimes de homicídio qualificado. A polícia local confirmou, em conferência de imprensa, que o homem tinha deixado uma série de ameaças contra o jornal, nas redes socias, nas horas que antecederam o ataque.

O suspeito teria intentado uma ação por difamação contra a "Capital Gazette", na sequência de uma notícia publicada, em 2011, sobre um caso de assédio sexual, em que era o principal suspeito, tendo, inclusive, acabado condenado pelo crime.

Um antigo editor do jornal revelou que o indivíduo começou a perseguir o jornal depois disso, tendo prometido vingança, durante anos, na Internet. As autoridades ainda não definiram as motivações do ataque, uma vez que Ramos não colaborou durante os interrogatórios.

O "Capital Gazette", um dos jornais mais antigos dos Estados Unidos, fundado em 1884, não se vergou ao homicida e saiu para as bancas esta sexta-feira. Na primeira página recordou as cinco vítimas.

Wendi Winters, de 65 anos, com uma carreira na moda e relações públicas em Nova Iorque, era considerada como "um valor inquestionável da Capital Gazzete". A outra mulher vítima do ataque, identificada como Rebecca Smith, era "uma contratação recente" da equipa de vendas da Capital Gazzete. Tinha 34 anos e será recordada como uma lutadora.

John McNamara, de 56 anos, é elogiado "pela flexibilidade, escrita concisa e extenso conhecimento sobre o desporto regional". Estava na Capital Gazzete há 24 anos.

Rob Hiaasen, 59 anos, trabalhou no Baltimore Sun durante 15 anos. É recordado como "um mentor generoso", que ajudou jovens jornalistas a serem melhores repórteres.

Gerald Fischman "tinha uma personalidade tão sossegada que escondia a mente brilhante, a escrita clara e a caneta afiada que os colegas tanto estimavam", lê-se no perfil escrito pela Capital Gazette, no Twitter. Tinha 61 anos.

Versão para Imprimir