Mauritânia pretende assinar Declaração sobre liberdade dos media

Publicado a 02/02/2018

Documento diz respeito ao mundo árabe e uma delegação da FIJ e dos sindicatos locais, recebida pelo presidente do país, recebeu luz verde para a assinatura.


O presidente da Mauritânia, Mohamed Ould Abdel Aziz, manifestou o seu apoio à Declaração sobre liberdade dos media no mundo árabe, proposta pela Federação Internacional de Jornalistas (FIJ), depois de receber uma delegação desta organização e do Sindicato dos Jornalistas locais.

"Tivemos um debate de grande qualidade por iniciativa do Sindicato e o número elevado de associações que assinaram a Declaração é testemunho do empenho que a sociedade civil da Mauritânia tem manifestado a favor deste documento", afirmou Philippe Leruth, presidente da FIJ.

O presidente da Mauritânia afirmou que irá pedir ao governo local para adotar as medidas necessárias no sentido da assinatura da Declaração. Neste caso, a Mauritânia será o sexto país a assinar o documento, depois de Palestina, Tunísia, Jordânia, Sudão e Marrocos.