SEXTA-FEIRA
15 de Dezembro de 2017 | 17:58

SJ exige esclarecimentos urgentes ao Grupo Impresa

Publicado a 30/11/2017 NOTÍCIAS

Sindicato contesta intenção de despedimento transmitida a uma dezena de fotojornalistas que trabalham no Grupo.


O Sindicato dos Jornalistas (SJ) contestou, através de carta endereçada a Francisco Pinto Balsemão, presidente do Grupo Impresa, e a Francisco Pedro Balsemão, presidente da Comissão Executiva, a intenção de despedimento que foi transmitida a uma dezena de fotojornalistas do referido Grupo.

Salientando que o Núcleo de Fotografia não é uma entidade autónoma e que os seus trabalhadores têm contratos assinados com a Impresa Publishing, o SJ recorda que, nas reuniões que este Sindicato manteve com a Administração do grupo a que presidem, foi manifesto o compromisso de que evitariam despedimentos e que tudo fariam para que os postos de trabalho envolvidos na transmissão de estabelecimento fossem mantidos.

Nesse sentido, o SJ manifesta forte oposição a esta repentina decisão - transmitida pelo responsável pelo Núcleo de Fotografia, Henrique Monteiro -, levada a cabo de uma forma inqualificável e fazendo tábua rasa dos formalismos legais e morais.

Além disso, o Sindicato irá bater-se pelos direitos de todos os trabalhadores envolvidos, entre os quais há, inclusive, delegados sindicais.

O SJ pede ainda esclarecimentos urgentes sobre este lamentável processo e ainda sobre as rescisões propostas aos jornalistas do Expresso.

Versão para Imprimir